Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | testes
Mitsubishi Pajero TR4
Setembro 2002

Mitsubishi Pajero TR4

O recm-lanado TR4, fabricado pela Mitsubishi no Brasil, tem pouco em comum com seu antecessor, o Pajero iO, que era importado do Japo

Por Paulo Campo Grande / Fotos: Ricardo Rollo
Lista de matrias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Montanha-russa nunca esteve entre meus brinquedos preferidos. Mas pular obstculos ao volante do novo Pajero TR4 foi pra l de divertido. O parque de diverses, no caso, foi a pista de testes da fbrica da Mitsubishi, em Catalo (GO). l que o TR4 est sendo produzido, desde agosto. Esse modelo veio substituir o Pajero iO, que at agora era importado do Japo. Entre rampas, tanque de lama e trechos de areia havia uma elevao na pista que era minha parte predileta. Vindo em terceira marcha, a cerca de 70 km/h, o TR4 decolava, no melhor estilo dos filmes policiais americanos passados em So Francisco. O carro tirava as quatro rodas do cho e pousava pronto para a tomada de uma curva direita. No medi distncia e altura dos saltos, minha referncia era o silncio que fazia quando estava no ar (e o vazio no estmago). Quanto mais longo, melhor.

Com a desculpa de testar o modelo, repeti a manobra diversas vezes. Diverso parte, pude experimentar bem duas das suas principais virtudes: a trao e a suspenso. O Pajero TR4 conta com um sistema de trao com quatro alternativas de uso: 4x2, 4x4 on-road, 4x4 off-road e 4x4 reduzida. Na opo 4x2, ele roda como um veculo comum, com trao nas rodas traseiras. Na posio 4x4 on-road, o diferencial central (de acoplamento viscoso) compensa a diferena de rotao entre os eixos, garantindo maior estabilidade ao veculo. a opo ideal para pisos de pouca aderncia, como experimentamos na estrada sob forte chuva, enquanto levvamos o TR4 para nossa pista em Limeira (SP), 600 quilmetros distante de Catalo. No asfalto molhado, confirmamos o quanto bom ter trao integral. O sistema nos transmitiu bastante segurana nas curvas e frenagens.

O uso em 4x4 off-road, com diferencial central bloqueado, indicado para condies como areia, terra ou lama. E a 4x4 reduzida serve para as situaes mais severas, como subidas ngremes ou lama profunda. Pudemos utilizar essas duas opes na pista da fbrica, quando o Pajero TR4 demostrou valentia. Com 4x4 reduzida, ele subiu uma rampa com 40 graus de inclinao - embora a fbrica especifique 35 graus como sendo seu limite - e abriu caminho no tanque de lama. Quando chegamos, o tanque estava nivelado, sem os trilhos feitos por outros jipes para facilitar nossa vida. Com exceo da reduzida, todas as opes de trao podem ser selecionadas com o veculo em movimento, a at 100 km/h.

A suspenso do Pajero TR4 tambm merece destaque. O sistema - que McPherson, na dianteira, e Multi-link, na traseira -, suportou todos aqueles pulos, amortecendo a queda do veculo com suavidade, e garantiu conforto de sed ao utilitrio esportivo, na estrada. Quem conhece o comportamento do Pajero iO no faz idia de quanto a suspenso do modelo melhorou. Comparado a seus rivais, como o Suzuki Vitara e o Toyota RAV4, o Pajero iO era mais duro ao rodar no asfalto. Os engenheiros da Mitsubishi fizeram um belo trabalho. Segundo o diretor industrial da empresa, Luiz Rosenfeld, o projeto da suspenso do TR4 levou 18 meses de desenvolvimento. Alm dos tcnicos da casa, reuniu os fornecedores. O resultado foi um conjunto de molas e amortecedores afinados com as condies de rodagem brasileiras e novo jogo de pneus. No lugar dos 215/65 R16, entraram os 225/70 R16.

A favor do equilbrio concorreu tambm a nova estrutura de carroceria. O TR4 possui o que a Mitsubishi chama de "chassi integrado ao monobloco". um recurso presente no Pajero Full que tenta reunir o melhor dos mundos: o tradicional chassi, com longarinas separadas da carroceria, e o monobloco, no qual toda a estrutura forma uma pea nica. O TR4 tem monobloco, mas apresenta uma estrutura reforada, na dianteira, onde esto ancorados o motor, a transmisso e a suspenso dianteira. Dessa forma, o monobloco poupado de parte dos esforos, sem a necessidade de uma base to pesada quanto um chassi inteirio. O motor do Pajero TR4 tambm novo. No lugar do 1.8 de 117 cavalos que equipava o Pajero iO importado, a Mitsubishi instalou um 2.0 16V de 131 cavalos, a gasolina, de nova linha produzida no Japo (o motor e o cmbio do TR4 ainda so importados). De acordo com a fbrica, esse motor mais leve, porque possui peas de dimenses reduzidas e materiais como o alumnio. No conjunto, porm, o Pajero TR4 ficou 15 quilos mais pesado que seu antecessor. O Pajero iO pesava 1330 quilos, enquanto o TR4 pesa 1345 quilos. Na pista de Limeira, o desempenho do TR4 foi prximo ao do iO, avaliado em junho de 1999. Na ocasio, o iO fez de 0 a 100 km/h em 13,2 segundos, retomou de 40 a 100 km/h em 28,2 segundos e obteve as mdias de 7,2 km/l no consumo urbano e 9,2 no rodovirio. Agora, o TR4 acelerou de 0 a 100 km/h em 13,5 segundos, retomou de 40 a 100 km/h em 27,7 e ficou com as mdias de 6,8 e 9,5 km/l, respectivamente. No um desempenho arrebatador, mas segue o padro de seus rivais, os quais, como contrapartida, levam os proprietrios a lugares aonde o asfalto no chegou.

Mesmo com a similaridade dos nmeros na pista, o TR4 tem pouco em comum com o falecido iO. E no s na parte mecnica. Esteticamente tambm houve mudanas. A exemplo do que aconteceu com a picape L200, a Mitsubishi do Brasil conseguiu dar estilo prprio ao modelo. "Voc no imagina o quanto essas mudanas foram discutidas", diz Luiz Rosenfeld, revelando que no foi fcil convencer os japoneses. Apesar de a operao brasileira estar nas mos de capital nacional, a matriz no abre mo de monitorar cada passo de seu representante, segundo Rosenfeld. No final das contas, eles se convenceram de que o jipinho ficou melhor.
O design "by Pininfarina" ganhou formas mais musculosas com os retoques que recebeu. O pra-choque dianteiro foi redesenhado, a grade dianteira ficou maior e o cap do motor agora mais alto. Os faris so os mesmos, mas perderam a mscara que havia sob as lentes, o que os fez parecer maiores. Internamente, no se mexeu muito. A interferncia mais radical foi no porta-malas. No projeto original, havia um fundo falso com pequenos compartimentos que foi retirado e teve seu espao incorporado ao do porta-malas. De 220 litros, a capacidade para a bagagem subiu para 312 litros, de acordo com nossa medio. Podiam ter mudado a posio de abertura do porta-malas. A tampa se abre como a de um carro feito para o mercado japons, que tem mo de direo direita. No Brasil, com mo na esquerda, quando pra no meio-fio, o motorista fica do lado da rua e a tampa voltada para a calada.

O TR4 bem equipado. Na verso que usa cmbio manual, traz airbag para o motorista, ar-condicionado e CD player, entre outros itens de srie. Vindo com cmbio automtico, conta ainda com airbag para o passageiro da frente e freios ABS. Os nicos opcionais, nos dois casos, so os bancos de couro e um sistema de som mais sofisticado, Premium Sound.

Ao contrrio do que se poderia prever, o nacionalizado Pajero TR4 no custa menos que o importado Pajero iO. Na tabela de preos da Mitsubishi, o iO era cotado a 60985 reais e o TR4 chegou a 61985 reais. Em dlar, a Mitsubishi defende que o carro ficou mais barato. Nas contas da fbrica, o iO foi lanado aqui a 28000 dlares, e o TR4 chega a 20660 dlares (para o dlar a 3 reais). Mas, considerando que o carro completamente novo, tendo at trocado de motor, o aumento, em reais, foi pequeno.

> Avaliao

Ficha tcnica

Motor
Dianteiro, gasolina, longitudinal, 2.0 16V, 4 cilindros em linha
Cilindrada - 1999 cm3
Dimetro x curso - 81,5 x 95,8 mm
Taxa de compresso - 9,5:1
Potncia - 131 cv a 5500 rpm
Potncia especfica - 65,5 cv/litro
Torque - 18,0 kgfm a 4500 rpm


Cmbio
Manual, 5 marchas, trao traseira
1 3,96:1
2 2,13:1
3 1,36:1
4 1,00:1
5 0,85:1
R 3,57:1
Diferencial - 4,90:1
Rotao a 100 km/h em 5 - 3500 rpm


Carroceria
Monobloco com subchassi
Comprimento - 403 cm
Largura - 168 cm
Altura - 172 cm
Entre-eixos - 245 cm
Tanque - 53 litros
Porta-malas - 312 litros
Peso - 1345 kg
Peso x potncia - 10,2 kg/cv
ngulo de ataque - 38 graus
ngulo de sada - 41 graus
Vo livre - 21 cm
Inclinao de rampa - 35 graus
Capacidade de submerso - 50 cm


Suspenso
Molas helicoidais e amortecedores hidrulicos
Dianteira - Tipo McPherson, com barra estabilizadora
Traseira - Tipo Multi-link, com eixo rgido


Freios
Disco ventilado na dianteira e tambor na traseira

Direo
Hidrulica, tipo Pinho e cremalheira

Rodas e pneus
Liga leve, aro 16; Pirelli Scorpion 225/70 R16

Principais equipamentos de srie
Vidros verdes com pra-brisa degrad, aeroflio traseiro, maanetas e pra-choques na cor da carroceria, protetor de crter, ar-condicionado, regulagem de altura na coluna de direo, vidros eltricos, airbag para motorista, CD player.


Preo
$ 61 985 reais





» FOTOS


Publicidade