Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Lançamentos
Volkswagen Fox 1.0
Janeiro 2010

Volkswagen Fox 1.0

Versão de entrada do hatch sofre apagão de equipamentos

Por Rodrigo Leite | Fotos: Christian Castanho
Lista de matérias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Repare bem nesse preço deste carro. Ele equivale à versão 1.0 do Volkswagen Fox quatro portas. E só. Para o carro ter, por exemplo, esses simpáticos piscas nos retrovisores, a fatura é paga à parte. Sem os opcionais, pode-se dizer que o Volkswagen sofre um apagão. Ele perde os piscas, as luzes de leitura dianteira e traseiras, a iluminação do porta-malas e também a do porta-luvas. Também não terá as luzes de cortesia nos para-sóis, nem os faróis e lanterna de neblina. O painel com display digital do computador de bordo – que também dá uma iluminada no interior – é outro opcional.

A lista de ausências é longa. Mas, ao menos, há direção hidráulica de série. Além do bom espaço interno, o compacto traz as qualidades dinâmicas de seus irmãos Polo e Gol, ou seja: há engates de marcha precisos e um trabalho impecável de suspensão. E, mesmo com o motor 1.0, de 76 cv, mostra mais agilidade do que se esperaria de tal. É elástico e ágil, dentro de sua proposta. E a cara de Polo europeu reacendeu as atenções na rua.

Seu grande defeito? Cobrar por qualquer adjetivo adicional. Se quisermos um Fox com o pacote Trend, como o das fotos, que oferece preparação para o som, farol de dupla parábola (até isso é opcional), luzes de cortesia nos espelhos retrovisores e revestimento mais aprimorado nos bancos, entre outros detalhes, pagamos mais 630 reais. E esse é só um dos 17 módulos ou kits de opcionais disponíveis para o carro.

As portas traseiras também são tratadas como opcionais e custam 1 870 reais adicionais, ao preço base de 30 490 reais. Completíssimo, com duplo airbag, freios ABS e até sensores de estacionamento integrados ao sistema de som, chega a incríveis 45 444 reais. Meio carro a mais, só de equipamentos – e pelo preço do hatch médio mais barato do nosso comparativo da página 46, com motor 2.0 de 140 cv e uma lista extensa (e mais completa) de equipamentos. E, mesmo básico, também não é tão barato: o Renault Sandero parte dos 29 930 reais, já com quatro portas, mais espaço e a mesma ausência de itens de série do Fox.

 



VEREDICTO

Básico, não é barato. Completo, também não. Mas pode conquistar o consumidor pelo design e na hora do test-drive.

 





» FOTOS


Publicidade