Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Lançamentos
Fiat Strada Trekking 1.6 CD
Julho 2012

Fiat Strada Trekking 1.6 CD

Picape recebe face-lift, novo motor e cabine dupla

Por Ulisses Cavalcante | fotos: Christian Castanho
Lista de matÉrias por data:

TAMANHO DA LETRA  

A vinda do novo Palio, em novembro do ano passado, desatualizou o restante da família, que não acompanhou a mudança de geração do hatch. Sem planos de curto prazo para substituir a plataforma da picape, a Strada passou por uma leve reestilização na dianteira e no interior. A mudança externa se concentra no para-choque, medida que renova a aparência, sem rejuvenescê-la. Para conter gastos, a Fiat optou por manter os faróis do Palio de quarta geração, bem como o capô. A grade do radiador, retangular com linhas horizontais, cedeu lugar a uma grelha do tipo colmeia, decorada por um filete cromado que abriga o logotipo da marca. Na parte traseira, a diferença está na moldura de plástico sem pintura que contorna o símbolo da Fiat.

O interior também foi atualizado, com a troca do painel apresentado em 2004. A Fiat fez um upgrade no sistema de som e trocou de lugar os botões do computador de bordo. O painel ainda abriga nichos que, na versão Adventure, incorporam os botões do Locker.

Com a reforma de estilo, a Fiat reposicionou a linha Strada. A partir de agora, a versão Trekking passa a vir com o motor E.torQ 1.6 16V, em lugar do 1.4. O trem de força menor equipará exclusivamente a versão Working, que, por sua vez, aposenta a Strada Fire.

O motor 1.6 desenvolve 117 cv quando abastecido com etanol e 115 cv com gasolina, mostrando-se mais adequado que os 86 cv do 1.4 Fire.

Além disso, a Trekking ganhou a opção de cabine dupla. Dessa forma, as três versões podem vir com três cabines distintas. A ideia é preencher a faixa dos 40 000 aos 45 000 reais, fatia de mercado que a marca não atendia. Assim, as nove configurações cobrem preços que partem de 31 490 reais (Working Cabine Simples) e chegam a 54 060 reais, com a Strada Adventure Dualogic Cabine Dupla.

Nos primeiros cinco meses do ano, 118 579 Strada foram vendidas. A Saveiro, segunda colocada, emplacou 7 1 202 carros. Segundo a Fiat, quase metade das picapes tem cabine dupla.



VEREDICTO


A trekking 1.6 é a versão ideal para a cabine dupla.
A Working tem motor 1.4, fraco, e a Adventure 1.8 é cara demais.



Motor: dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16v
Cilindrada: 1598 cm3
Potência: 117/115 cv (a/G) a 5500 rpm
Torque: 16,8/16,2 (a/G) mkgf a 4500 rpm
Câmbio: manual, 5 marchas, tração dianteira
Dimenssões: comprimento, 442 cm; largura, 166 cm; altura, 158 cm; entre-eixos, 272 cm
Peso: 1176 kg
Equipamentos: aBS, airbags, trio elétrico, direção hidráulica


» FOTOS


Publicidade