Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Lançamentos
Citroën DS3
Maio 2012

Citroën DS3

Por R$ 79.900, compacto de imagem bate de frente com MINI Cooper e Audi A1

Por Natali Chiconi e Vitor Matsubara | Fotos: divulgação
Lista de matÉrias por data:

TAMANHO DA LETRA  

A Citroën anunciou a chegada do DS3 ao Brasil, o primeiro modelo da linha de luxo DS no país. O compacto, fabricado em Poissy, na França, será comercializado em versão única por R$ 79.900 e terá apenas banco de couro como opcional (mais R$ 2.900).

Rival do Audi A1 e do Mini Cooper, o DS3 é uma das apostas da Citroën, que pretende comercializar 250 unidades mensais por aqui. Equipado com um motor 1.6 16V THP (Turbo High Pressure) a gasolina de 165 cv, que foi desenvolvido pela PSA Peugeot-Citroën em parceria com o grupo BMW, o DS3 conta com câmbio manual de seis velocidades, com overboost na terceira, quarta, quinta e sexta marchas. O porta-malas tem capacidade para 280 litros.

"O DS3 incorpora todo o know-how da Citroën em termos de inovação tecnológica. Um modelo diferenciado e exclusivo, que vai complementar nossa gama de produtos no Brasil", diz Nivea Ferradosa, diretora de marketing da Citroën do Brasil.

O design é outro fator que chama atenção, com teto "flutuante" e barbatanas de tubarão. Há, ainda, luzes diurnas em LEDs, que dão um toque de modernidade ao carrinho de 3,95 metros de comprimento, 1,71 m de largura e 1,48 m de altura.

Internamente, o compacto premium conta com detalhes como o painel com três indicadores cônicos e mostradores analógicos. Alguns dos equipamentos disponíveis são o controle de estabilidade, freios ABS com EBD e BAS, seis airbags, faróis com acionamento automático, piloto automático, perfumador de ambiente e rodas de liga leve aro 17.

Disponível em oito opções de cor: Blanc Banquise (branco), Rouge Aden (vermelho) e Jaune Pégase (amarelo), Noir Obsidien (preto), Gris Aluminium (prata), Gris Shark (cinza), Bleu Belle-île (azul) e Rouge Erythrée (vermelho), o DS3 ainda permite ao comprador optar entre quatro cores para os centros das rodas (preto, amarelo, vermelho e branco). Os temas de personalização dos adesivos de teto também podem ser escolhidos.

Bom de dirigir e bem equipado (por Vitor Matsubara)

Ao contrário de vários "pseudo-esportivos" por aí, o DS3 não empolga apenas no visual. Quando o motorista resolve acelerar é que o compacto da Citroën deixa o motorista com um largo sorriso no rosto. O motor 1.6 THP, fruto de uma parceria entre PSA e BMW, mostra comportamento elogiável inclusive em baixas rotações - segundo a montadora, 24,5 mkgf do torque máximo são oferecidos a 1.400 rpm. A partir da terceira marcha entra em ação o Overboost, sistema que aumenta temporariamente a pressão do turbo até a sexta marcha. O efeito da sobrepressão é sentido imediatamente, exigindo cautela para não ultrapassar os limites de velocidade. Para quem se preocupa com o bolso, a Citroën não revelou números de consumo, mas garantiu que o carro entrega números equivalentes aos de um carro popular. 

Para ressaltar sua esportividade, o DS3 será oferecido apenas na versão com câmbio manual de seis marchas. O lançamento de possíveis variações, como uma opção conversível, não foi totalmente descartada pela marca francesa. No Brasil, o hatch vai encarar MINI One e Audi A1. A CItroën também inclui entre seus rivais outros modelos estilosos, como Kia Cerato Koup e Hyundai Veloster.

Enquanto a família não cresce, o comprador poderá optar por uma ampla linha de acessórios de personalização, incluindo adesivos, painel do teto e até as calotinhas centrais. Todos os itens serão instalados na própria concessionária. A garantia fornecida pela Citroën será de três anos sem limite de quilometragem e as revisões terão preço fixo, variando de 363 reais para a manutenção realizada aos 10 mil quilômetros a 810 reais nos serviços previstos aos 60 mil quilômetros.





» FOTOS


Publicidade