Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Impressoes ao dirigir
Peugeot 207 Passion
Agosto 2008

Peugeot 207 Passion

Descubra como é o primeiro sedã compacto da Peugeot no Brasil

Por MARCELO MOURA
FOTOS MARCO DE BARI
Lista de matérias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

No momento de apresentar a linha 207, a Peugeotresolveu dar destaque ao modelo hatch. Foi o carroque nos deixaram avaliar no mês passado e levarpara a pista de testes agora. Como ele é basicamenteo antigo modelo 206 com visual renovado, ficaparecendo que o marketing trabalhou mais que aengenharia nessa “nova geração”. Mas, longe dosholofotes, existe um carro inédito em frente e verso:é o 207 Passion, que chegará às lojas em outubropara brigar com Siena, Prisma e o futuro Gol sedã.

Inédito para os brasileiros, pelo menos, o carrofoi apresentado em 2005, no Salão de Frankfurt,como colaboração entre o Centro de Estilo da Peugeote a Iran Khodro. A representante da marca noIrã precisava de um sedã que não existia no projetooriginal do 206, mas era bem-vindo em mercadosemergentes. Os franceses buscaram inspiração no607, que emprestou a idéia das laterais da tampa doporta-malas mais altas que o centro. Agora chegou avez de a Peugeot brasileira botar a colher nesse caldo,ao adaptar a cara do 207 europeu (que é 6,5centímetros mais largo) e trocar o nome.

A nova frente, mais volumosa que a do 206, ajudaa equilibrar visualmente a traseira maior –embora ninguém tenha feito nada para disfarçar aenorme área vazia de lataria que sobra depois dasjanelas laterais. É o problema de aproveitar as portasdo modelo hatch, como também acontece noClio três-volumes. Ainda assim, o 207 Passion émais harmonioso que seu irmão, o 307 Sedan.

Com 4,24 metros, o Passion é 36 centímetrosmais comprido que o 207 hatch e ganha do Sienapor 10 centímetros. O tamanho extra foi todo dedicadoao porta-malas, de 420 litros. As lanternaspequenas (trazidas do modelo hatch) abrem lugarpara uma boca larga de acesso, embora o arco datampa do porta-malas roube espaço do que vocêembarcar. É possível segurar a bagagem com umarede de elástico (há argolas no chão para enganchar),embora ela não venha de fábrica. O bancotraseiro é dividido em dois e, uma vez rebatido,abre um largo vão de comunicação entre a cabine eo porta-malas. E uma boa notícia: diferentementedos modelos criados originalmente para a Europa(hatch e SW), o Passion tem estepe do lado de dentro.Obrigado, Irã.

Gentilezas a bordo
Com distância entre oseixos igual à do hatch e carroceria apenas 1 centímetromais alta, o Passion tem o espaço interno do207 brasileiro – que, por sua vez, é idêntico ao do206. Está no nível de Prisma e Siena, não é muitoamplo na frente nem atrás. Esse Peugeot ganha dosdois no padrão de acabamento, embora, sem preços,seja difícil dizer se essa comparação é justa. Oque era mais visível na cabine do 206 (quadro deinstrumentos e painel) mudou, e as texturas dosplásticos estão mais delicadas. É um carro comvisual bem-cuidado e gentilezas como computadorde bordo e rádio com botões de atalho atrás dovolante. Coisas de um carro que será oferecido emversões bastante completas, com sensor de chuva,distância e luminosidade, mais câmbio automáticoTiptronic. Embora a maior parte do público vácomprar o modelo 1.4 8V, de entrada, o 207 Passiontem compromisso com imagem.

O “nosso” Passion 1.6 16V, de câmbio manual,anda como o 207 hatch (é só 29 kg mais pesado).Falta alguma disposição em giro baixo, mas é umcarro agradável e silencioso. As mudanças que a Peugeotexecutou para amaciar a suspensão, original dalinha 206, fazem mais sentido nesse sedã familiarque nas outras variações de carroceria. Fazem dele omelhor cartão de visitas dessa nova linha da Peugeot,mas disso a gente já desconfiava.

Veredicto

É uma adaptação de um carro “velho” sim, mas disfarça bem. Com preço bom, dará trabalho a Siena e Prisma.





» FOTOS


Publicidade