Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Comparativos
Chevrolet Corsa Sedan 1.4 Maxx x Chevrolet Prisma 1.4 Maxx
Setembro 2007

Chevrolet Corsa Sedan 1.4 Maxx x Chevrolet Prisma 1.4 Maxx

Questão de família: Agora que ambos têm motor 1.4, Prisma e Corsa Sedan são concorrentes fraternos e naturais. Quem é o melhor?

Por Adriano Griecco | Fotos: Marco de Bari
Lista de matérias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Quando a GM lançou o Prisma, em 2006, afirmou que o recém-nascido era a racionalização da versão 1.0 do Corsa Sedan. Com um projeto mais novo e motor mais potente, ele seria uma opção mais interessante que o outro, mais velho, com motor mais fraco e com menos torque. De fato, a nova fórmula agradou tanto que até hoje o comprador de Prisma tem que entrar na fila. Num segundo ato, a GM resolveu estender a motorização 1.4 para a linha Corsa e acabou de vez com a versão 1.0 do Corsa Sedan. E criou um bom problema para quem entra numa concessionária da marca em busca de um sedã novo de bom preço. Qual dos dois é o melhor para você, um Prisma ou um Corsa Sedan? Eu fiz essa pergunta para alguns colegas na redação. A resposta foi quase unânime. Quer saber qual foi? Não vou contar agora, você vai ter de ler esta reportagem até o fim...

Vamos começar pelo bolso. A versão mais em conta do Prisma, a Joy, sai por 30 991 reais. Mas não tem nem o brake-light como item de série. Fiquemos com a Maxx, então, que custa 33278 reais e traz a direção hidráulica de série. Já o Corsa Sedan tem duas versões: a Maxx e a Premium. A primeira sai por 32 990 reais e é a que utilizaremos nesta comparação, porque quem tem o dinheiro contado não vai querer pagar 35 990 reais pela versão Premium.

O Corsa é 288 reais mais barato. Mas oferece menos. A direção hidráulica, nele, é um opcional que custa mais 1 700 reais. Tudo bem, o carro traz de série alguns itens - menos funcionais, é verdade - que o Prisma não tem nem como opcional, como a regulagem de altura do banco do motorista e o banco traseiro bipartido. Nesse aspecto, o Prisma leva uma ligeira vantagem sobre o rival.

Mas o Corsa dá o troco no interior. Ele é 5 centímetros mais longo que o rival. Dessa diferença, tudo está no entreeixos. Em outras palavras, quem vai atrás no Corsa vai melhor, com mais espaço para as pernas. Já os porta-malas empatam, na casa dos 430 litros. E na frente? Nova vantagem para o Sedan. Mas o agrado aí é para os olhos e para as mãos. O plástico do painel é menos rugoso no Corsa. No Prisma ele é moldado em uma única peça e suas linhas e comandos são mais simples. No Corsa ainda há algum refinamento, como o porta-trecos sobre o painel e maior capricho nos botões do ar-condicionado - item opcional nos dois carros. Além disso, a tal regulagem de altura do banco do motorista do Corsa ajuda a encontrar uma melhor posição para dirigir.

Ao volante, o Sedan novamente se destaca. O atual Corsa foi lançado em 2000. É a segunda geração do irmão europeu, com algumas modificações no visual. O Prisma é mais novo, mas é uma derivação do Celta, que, por sua vez, utiliza plataforma da primeira geração do Corsa, que chegou aqui em 1994. Graças a isso, a suspensão do Sedan é montada em um subchassi, que absorve melhor as imperfeições do piso, filtrando as vibrações para a cabine. O Prisma, por sua vez, utiliza uma configuração mais tradicional, na qual a suspensão é ancorada diretamente na carroceria. Isso torna o dia-a-dia na cidade mais confortável a bordo do Corsa e sua condução é mais amigável. Em curvas, os dois se equivalem e têm desempenho apenas razoável. São assumidamente voltados para o conforto de seus ocupantes.

Equipados com o mesmo motor, era de se esperar um desempenho parelho, fato confirmado pelas nossas medições. O Prisma, que é 138 quilos mais leve, foi 2 décimos mais rápido no teste de aceleração, partindo da imobilidade e chegando aos 100 km/h em 12,5 segundos. Ele também foi mais esperto em duas - de três - medições de retomada. O Corsa dá o troco no teste de velocidade máxima e quando o assunto é consumo. Mesmo obtendo a mesma média na cidade (8 km/l, rodando com álcool), o Sedan é mais econômico na estrada, fazendo 11,8 contra 11 km/l do Prisma.

Confrontados em igualdade de motores, o Corsa Sedan se mostra mais carro. Tem melhor conjunto, mais espaço interno e interior mais amigável. O Prisma tem no visual renovado e na relação custo/ benefício dois bons argumentos de venda. E ainda é um pouco mais barato na hora da reparação. Segundo o Cesvi, seu índice de reparabilidade é 15, contra 18 do Sedan. Uma diferença pequena em valores reais. Na hora do seguro, é o Corsa que se sai ligeiramente melhor. Segundo a corretora Nova Feabri, obedecendo a um mesmo perfil, o do Sedan sai por 2 100 reais, enquanto o do Prisma fica em torno de 2 300 reais. O páreo é duro. Mas, se eu tivesse de escolher, ficaria com o Corsa. Ah, você deve estar se perguntando sobre a escolha da redação... Bem, posso dizer que podemos discordar em vários assuntos, mas não neste aqui.


PRISMA - R$ 33 278
Topo-de-linha no Prisma, a versão Maxx já traz a direção hidráulica de série.

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
Assim como o Corsa, é assumidamente voltado para o conforto.
★★★★

MOTOR E CÂMBIO
O motor 1.4 dá conta do recado no Prisma. E é econômico na cidade - o que vale para os dois carros.
★★★★

CARROCERIA
O design é seu ponto alto. As linhas de mini- Vectra caíram no gosto do consumidor.
★★★★

VIDA A BORDO
É mais apertado que o Corsa. Suas linhas são mais atuais, mas o acabamento é pior.
★★★★

SEGURANÇA
Assim como o Corsa, traz o básico de série. Porém, não tem airbag e ABS nem como opcional.
★★

SEU BOLSO
Tem fila de espera nas concessionárias. Culpa da boa relação custo/benefício. A baixa reparabilidade também ajuda.
★★★★


CORSA - R$ 32 990
A versão Maxx no Sedan é a de entrada. E vem menos equipadada que a do Prisma.

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
Por contar com o subchassi na suspensão, trata um pouco melhor os ocupantes.
★★★★

MOTOR E CÂMBIO
O Corsa é mais pesado e mais potente que o Prisma. Nessas condições, andou próximo ao rival. E o consumo agradou.
★★★★

CARROCERIA
Seu lançamento é anterior, mas seu projeto é mais moderno.
★★★★

VIDA A BORDO
Tem mais espaço para quem vai atrás. O acabamento e o revestimento das portas é melhor.
★★★★

SEGURANÇA
De série, só brake-light, pedais desarmáveis e barras de proteção lateral. O airbag é opcional.
★★★

SEU BOLSO
Seu seguro é mais em conta que o do Prisma, assim como o pacote de peças.
★★★


>> Página inicial

>> Tabela comparativa e veredicto





» FOTOS


Publicidade