Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Comparativos
Chevrolet Prisma Maxx
Dezembro 2006

Chevrolet Prisma Maxx

1º Chevrolet Prisma Maxx: Na versão Maxx, o Prisma é mais barato que os rivais. Ainda há a Joy, que custa 29 990 reais

Por Adriano Griecco | Fotos: Marco de Bari
Lista de matérias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

A versão de entrada do Prisma, a Joy, custa 29.900 reais. Para colocar o Chevrolet na mesma faixa de preço de seus rivais, optamos pela versão Maxx, que custa 32 240 reais e traz de série a direção hidráulica (opcional nos outros), além do desembaçador traseiro e do aquecimento. Com ar-condicionado, seu preço salta para 35.940 reais. Nem é preciso dizer que, com esse pacote, o Prisma larga na frente de Siena e Fiesta Sedan.

Equipado com o motor 1.4 Econo.Flex (que tem 89 cavalos com gasolina e 97 com álcool), o Prisma mostrou-se valente. Com gasolina ele foi melhor que o Fiesta Sedan, empurrado pelo 1.6 Zetec Rocam. Venceu o rival nas retomadas e na aceleração, levando 13,4 segundos - um décimo mais rápido. E ainda foi melhor em quase todos os testes de consumo. Com álcool, a história foi outra e o Ford levou a disputa com alguma facilidade.

No interior do Prisma, as linhas são as mesmas de um Celta, mas a GM utilizou novos tecidos no revestimento das portas e acrescentou um novo porta-objeto próximo à alavanca do freio de mão. Nesse quesito, o Prisma se equipara ao Fiesta, tanto em espaço interno, quanto em qualidade de materiais empregados no interior (e aqui os dois estão atrás do Fiat).

Mas o Prisma peca em alguns detalhes, é fato. O primeiro é o porta-malas, de 439 litros, com 39 a menos que o do Fiesta. E toma um banho do Siena, um cargueiro com 500 litros. Além disso, o Chevrolet não possui banco traseiro bipartido. Outra falta do Prisma é a magra lista de opcionais. Enquanto o Fiat tem sensores de chuva e crepuscular e o Fiesta oferece bancos e volante revestidos de couro - em um pacote que custa 15900 reais e só existe na versão Trend -, o Prisma Maxx oferece só o ar-condicionado. Pelo menos há opção dos acessórios de concessionárias. Entre eles CD player, rodas de liga leve, travas e vidros elétricos e sensor de estacionamento.


PRISMA - R$ 32.240

SUSPENSÃO
A GM trocou as molas em relação às do Celta. Mas o Prisma é família demais. E a carroceria cede facilmente em curvas.
Avaliação: bom

AO VOLANTE
A sensação é a de que se está dirigindo um Celta: alto nível de ruído, engates secos no câmbio e muito plástico no interior.
Avaliação: bom

CARROCERIA
Para dar boa rigidez torcional à carroceria, a GM usou um painel inteiriço na traseira, que impediu a instalação de um banco traseiro bipartido.
Avaliação: muito bom

MOTOR E CÂMBIO
O conjunto mostrou-se valente e foi tão bem quanto o Fiesta, quando abastecido com gasolina. Ponto positivo para o consumo.
Avaliação: muito bom

MERCADO
É o mais barato entre os três, traz direção hidráulica de série e ainda oferece a versão Joy, por 29 990 reais.
Avaliação: muito bom


>> página inicial

>> 1º lugar: Prisma

>> 2º lugar: Fiesta

>> 3º lugar: Siena

>> Tabela comparativa e veredicto

>> Disputa Chevrolet





» FOTOS

Publicidade