Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Comparativos
Hilux 3.0 4x4 SRV x Ranger 3.0 4x4 limited
Maio 2005

Hilux 3.0 4x4 SRV x Ranger 3.0 4x4 limited

Picapes de passeio: com motores diesel de ltima gerao, elas tm a fora

Por Marcelo Moura / fotos: Marco de Bari
Lista de matrias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Picapes so bichos que tm vida longa. A primeira Ford Ranger americana durou 11 anos. Mudou em 1993 e, com algumas plsticas e a devida nacionalizao, esta aqui, esquerda na foto. A Chevrolet S10 um projeto de 1994 e, se voc for atrs da genealogia de Nissan Frontier e Mitsubishi L200, vai encontrar coisa parecida: um grande salto, uma dcada de pequenas reformas, outro grande salto. Pois bem. A Toyota Hilux, direita no ringue, no mudava h mais de dez anos. Cansou de apanhar em comparativos, mas agora deu seu grande salto.

A adversria a Ford Ranger 3.0 4x4 Limited. Foi a vencedora do nosso ltimo comparativo entre picapes mdias, feito em setembro de 2004. Desde ento, melhorou bastante ao ganhar motor eletrnico de ltima gerao - coisa que suas rivais, fora a Hilux, vo fazer ao longo do ano. briga boa, com nmeros de fazer inveja s demais concorrentes, mas tem vencedor. a Hilux 3.0 4x4 SRV.

A vitria comea na imagem acima, com os carros emparelhados. A presena da Hilux envelhece a Ranger, que, se no era a mais bonita da turma, tambm no ficava mal na foto. Colocadas lado a lado, alguns sinais de idade da Ranger parecem ficar mais evidentes. Pra-brisa pequeno e vertical, portas traseiras estreitas, lanterna traseira com parafusos expostos, lataria com furos desnecessrios diante do limpador de pra-brisa, antena que precisa ser rosqueada no cap e que, por precauo, deve ser retirada no estacionamento, para no evitar sumios.

Como disse o leitor Diego Gusmo Bandeira, no Viva-Voz da edio passada, a Ranger eletrnica se confunde com o modelo de 1998. J com a picape da Toyota na garagem, todos percebem que voc acabou de trocar de carro. O que pode ser ruim, para um pblico que muitas vezes quer discrio. Discrio que vai abaixo quando voc aperta o boto na chave para abrir ou fechar a porta. As picapes respondem com um toque de buzina, anunciando que o dono do carro bacana chegou. Qualquer outro bip-bip seria mais til.

Violncia urbana no problema, pois a picape ser usada na fazenda, certo? Pois saiba que o comprador dessas picapes visita o stio de vez em quando, mas vive na cidade. Segundo dados do Renavam, a Ranger mais registrada em Santa Catarina (26,5% dos licenciamentos) e Rio de Janeiro (20,2%) que em Gois (18%), So Paulo (17%) e Minas Gerais (17%), tradicionais redutos de fazendeiros. A Ford diz que a picape , na maioria das vezes, o nico carro da famlia - da a maior procura pela verso cabine dupla. Outro dado curioso vem da participao nas vendas da Hilux: a verso automtica est com 41% do bolo, contra 20% da SRV mecnica, a segunda. Alm de dirigir na cidade, o pblico quer conforto.

Entrar na Hilux mais fcil. Uma ala na coluna do pra-brisa ajuda a escalada de quem vai na frente, e portas maiores que as da Ranger recebem os passageiros do banco de trs.

A picape da Ford acolhe as visitas com bancos de couro e encosto de brao. Mas o passageiro senta-se de coluna reta, como numa poltrona de avio da classe econmica em momento de decolagem. H mais luxo na frente, mas seria exagero chamar de classe executiva. Porta-copos temos trs, mas dois deles ficam na altura dos ps. frente da alavanca de cmbio vai o cinzeiro, duro e escondido.

O painel da Ranger um paredo vertical, como na picape de 1998, mas o motor eletrnico trouxe um interessante computador de bordo que mostra, num grfico, o aumento de presso do turbo at o limite de 1,5 bar. Fora isso e o acionamento eltrico da trao 4x4, numa chave esquerda do rdio, uma picape moda antiga - o que pode ser bom para o pblico que se acostumou aos ritos tradicionais desse tipo de utilitrio. Para acionar o freio de estacionamento, pise no pedal mais alto, esquerda da embreagem. Para destravar, estique a mo para baixo do painel e puxe at estalar. Para tirar a chave do contato, s movendo a alavanquinha logo frente. Para acender a luz do salo, gire o reostato da iluminao do painel. Como saber que ali? Sabendo, oras... Barulho de motor diesel? No se preocupe, o sistema de injeo common-rail no acabou com esse prazer. Em nvel de rudo, a diferena em relao Hilux gritante. Nas mesmas situaes, a picape da Toyota fala de 1 a 2 decibis mais baixo.

A Hilux capaz de trazer "carristas" convictos para o mundo das picapes. No fosse a alavanca da trao 4x4 na foto acima, direita, voc poderia achar que o painel de um sed. Formas tridimensionais, porta-objetos bem localizados...

O porta-copos fica na beirada do painel, abaixo da sada de ventilao, to ao alcance da mo quanto nos ltimos Porsche Carrera. O banco traseiro segue a modularidade dos mais recentes carros de passeio: puxe a tira de tecido que h na frente do assento e o banco dobra-se como um canivete, liberando espao para bagagens grandes que no poderiam ficar do lado de fora. Algum h de achar isso frescura, que lugar de bagagem atrs. Pois saiba que a caamba da Hilux 13 centmetros mais larga e 5 mais comprida (perde na altura, por 3 centmetros. Se mesmo depois de tanta convenincia o neopicapeiro sentir saudade dos velhos tempos, basta olhar o retrovisor para encontrar a reconfortante imagem listada do desembaador traseiro, no lugar que costuma ser da janela corredia. Coisa de sed.

O rdio do painel reflexo curioso de um carro montado numa cooperao entre fbricas da Argentina, Tailndia, Indonsia e frica do Sul. Para dar conta das diferenas entre os consumidores do Terceiro Mundo, o aparelho l do MP3 fita cassete, com direito a disqueteira para seis CDs. Esse um reflexo pitoresco, mas existem outros nem tanto. A Hilux um quebra-cabeas que depende de peas de todos esses cantos para dar certo. Instabilidades cambiais e complicaes porturias - coisas muito comuns por essas bandas - podem complicar a manuteno do carro.

Nessas horas, bom lembrar que, na Ranger, a transmisso, boa parte da suspenso e o motor so brasileiros, que a Ford tem 449 pontos de venda e assistncia tcnica e que a prpria International, a fabricante do motor, tem outros 48 centros de servio. disposio dos clientes da Toyota, existe a rede autorizada, com 106 pontos. E a garantia de trs anos, sem limite de quilometragem, mais generosa que a cobertura de dois anos com limite de 50000 quilmetros oferecida pela Ford.

Diferentes na assistncia, os motores eletrnicos International e Toyota fazem a mesma coisa. E muito bem. Em consumo, nvel de rudo, acelerao e velocidade mxima, s d para comparar uma com a outra: as rivais ficam na poeira. Muitos carros de passeio tambm ficariam. As duas picapes chegam aos 100 km/h na casa dos 13 segundos - e isso quer dizer: sai da frente. Mesmo bem disposta, a Ranger incomoda na cidade. Com as trs primeiras marchas curtas e as duas ltimas longas, o motorista se v obrigado a andar a 60 km/h em quarta, com motor vazio, ou em terceira, com motor gritando.

A Ranger tem freios mais precisos, mas nada d tanta confiana ao motorista quanto a suspenso da Hilux: trabalha em silncio e mantm a carroceria no cho o tempo todo. Eu sei, eu sei, parece covardia. No . Mal vejo a hora de a Hilux apanhar de novo da concorrncia. Ser mais um sinal de que nosso mercado melhorou muito.

> Ficha comparativa


Ficha tcnica

Hilux 3.0 4x4 SRV

Motor
Dianteiro, longitudinal, 4 cilindros em linha
Cilindrada: 2982 cm3
Dimetro x curso: 96 x 103 mm
Taxa de compresso: 17,9:1
Potncia: 163 cv a 3400 rpm
Torque: 35 mkgf a 1400 rpm

Cmbio
Manual de 5 marchas, trao traseira com 4x4 de acionamento por alavanca;
I. 4,31; II. 2,33; III. 1,44; IV. 1,00; V. 0,84; R 4,22;
Diferencial dianteiro 3,91;
Diferencial traseiro 3,91; Rotao
do motor a 100 km/h em 5 marcha - 2000 rpm

Carroceria
Dimenses: Comprimento, 526 cm; largura, 184 cm; altura, 181 cm; entreeixos, 309 cm
Peso: 1815 kg
Peso/potncia: 13,3 kg/cv
Peso/torque: 51,9 kg/mkgf
Volumes:
Caamba: comprimento, 152 cm; largura, 151 cm; altura, 45 cm; tanque de combustvel, 80 l

Suspenso
Amortecedores hidrulicos
Dianteira: Independente, braos duplos triangulares, molas helicoidais e barra estabilizadora
Traseira: Eixo rgido, feixe de molas

Freios
Disco ventilado na dianteira e tambor na traseira, com ABS

Direo
Hidrulica, tipo pinho e cremalheira; dimetro de giro 12,4 metros; 3,8 voltas entre batentes

Rodas e pneus
Liga leve, aro 15; Goodyear Wrangler 255/70 R15

Principais equipamentos de srie
Ar-condicionado, airbag duplo, CD player e MP3 de painel para 6 discos e toca-fitas, freios ABS, retrovisores cromados, pra-brisa degrad, aviso de faris ligados, banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro rebatvel, coluna de direo com regulagem de altura, tanque de combustvel com abertura interna, console entre bancos dianteiros com descanso de brao e porta-objetos, apliques de ao escovado no painel, porta-culos no teto, desembaador traseiro, retrovisores com ajuste eltrico, vidros eltricos com funo "one-touch" para motorista, faris de neblina, alarme com controle remoto

Principais equipamentos opcionais
No tem

garantia
3 anos sem limite de quilometragem

Preo
96938 reais

Ficha tcnica

Ranger 3.0 4x4 Limited

Motor
Dianteiro, longitudinal, 4 cilindros em linha, 16 vlvulas
Cilindrada: 2968 cm3
Dimetro x curso: 94 x 102,5 mm
Taxa de compresso: 19,5:1
Potncia: 163 cv a 3800 rpm
Torque: 38,7 mkgf a 1600 rpm

Cmbio
Manual de 5 marchas, trao traseira com 4x4 de acionamento eltrico;
I. 4,08; II. 2,29; III. 1,47; IV. 1,00; V. 0,72; R 3,79;
Diferencial traseiro 3,55;
Diferencial dianteiro 3,54;
Rotao do motor a 100 km/h em 5 marcha - 1700 rpm

Carroceria
Dimenses: Comprimento, 514 cm; largura, 202 cm; altura, 183 cm; entreeixos, 319 cm
Peso: 2000 kg
Peso/potncia: 12,3 kg/cv
Peso/torque: 51,7 kg/mkgf
Volumes:
Caamba: comprimento, 147 cm; largura, 138 cm; altura, 42 cm; tanque de combustvel, 75 l

Suspenso
Amortecedores hidrulicos
Dianteira: Barra de toro com barra estabilizadora e molas helicoidais
Traseira: Eixo rgido com feixe de molas e barra estabilizadora

Freios
Disco ventilado na dianteira e tambor na traseira, com ABS

Direo
Hidrulica, tipo pinho e cremalheira;
dimetro de giro 13,5 metros;
4 voltas entre batentes

Rodas e pneus
Liga leve, aro 16; Pirelli Scorpion AT 245/70 R16

Principais equipamentos de srie
Ar-condicionado, bancos e volantes forrados de couro, trio eltrico, trava eltrica com controle remoto, direo hidrulica, freios ABS, coluna de direo, cintos de segurana e banco do motorista com ajuste de altura, ajuste lombar no banco do motorista, airbag duplo, faris de neblina, retrovisores cromados, console central com descanso de brao e porta-objetos, CD player, santantnio cromado, rodas de alumnio aro 16, abertura de janela traseira

Principais equipamentos opcionais
Protetor de caamba

garantia
2 anos ou 50000 km (+ 5 para carroceria)

Preo
96210 reais





» FOTOS


Publicidade