Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Corolla
  • Up
  • Logan
  • HB 20
  • Prisma
  • Novo Ka
  • Golf VII
  • Focus
  • Tracker
  • New Fiesta
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Carros | Comparativos
Chevrolet Camaro x Dodge Challenger SRT8 x Ford Mustang GT500
Dezembro 2010

Chevrolet Camaro x Dodge Challenger SRT8 x Ford Mustang GT500

Nos Estados Unidos, o eleitorado dos V8 pode escolher entre diferentes plataformas. Por aqui, a disputa tende a se repetir

Por Paulo Campo Grande | Fotos: Marco de Bari
Lista de matrias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

As marcas americanas reeditam no Salo do Automvel deste ano uma de suas mais antigas rivalidades. Os modelos Chevrolet Camaro, Dodge Challenger e Ford Mustang, expostos nos estandes das trs marcas, so inimigos desde os anos 60, quando eram chamados de ponycars por definio, carros compactos (para os padres americanos da poca), com apelo esportivo e preos convidativos. Os relanados (Challenger, em 2008, e Camaro, em 2009) e o atualizado (Mustang, em 2010) esto entre as principais atraes das fbricas. E essa briga s no chega oficialmente s ruas porque a Ford j declarou que no vai vender o Mustang no Brasil. A GM confirmou o Camaro nas lojas at o fim do ano. E a Chrysler ainda est em dvida. O Salo, uma oportunidade para a empresa avaliar a receptividade do pblico, ser um teste para o Challenger. Felizmente, existem os importadores independentes para promover o confronto para alm dos portes do Anhembi. O Dodge Challenger SRT8 mostrado aqui foi trazido pela Talladega Motors e o Mustang Shelby GT 500, pela Dubai Motors, duas lojas da cidade de Ribeiro Preto (SP).

O Mustang foi primeiro pony-car a estourar no mercado. A Ford j havia criado o conceito com o Thunderbird de dois lugares, lanado em 1955. Mas foi com o Mustang, de 1964, que veio o sucesso. E ele foi o nico que sobreviveu em produo sem interrupes at hoje. A atual gerao a quinta. O Camaro veio em 1967, foi produzido at 2002 e voltou no ano passado, tambm na quinta gerao. O Challenger estreou em 1969, ficou apenas trs anos em cartaz, sucumbindo crise do petrleo dos anos 70, e voltou em 2008, na segunda gerao.

As unidades mostradas aqui e no Salo so todas verses topo de linha e, embora as famlias sejam concorrentes, h entre eles grandes diferenas tcnicas, de padro de acabamento e de preo. O Mustang Shelby GT500 tem motor V8 5.4 de 548 cv, enquanto o Challenger vem equipado com um V8 6.1 que entrega 431 cv e o Camaro, com um V8 6.2 de 406 cv. O Mustang tem cmbio manual de seis marchas. J o Challenger tem transmisso automtica com cinco marchas, enquanto o Camaro, automtica sequencial com seis. Em relao a acabamento e equipamentos, o Mustang tem couro no revestimento do painel (com a parte frontal de alumnio), nos bancos (com detalhes de Alcantara) e nas laterais das portas. E vem com controle eletrnico de largada, ESP, faris de xennio, kits aerodinmico e de preparao esportiva SVT (Special Vehicle Team, que inclui as rodas de aro 20 e o escapamento duplo), entre outros itens. Confrontado com os rivais, o Mustang de longe o mais completo, mesmo diante da lista de equipamentos e da qualidade da cabine do Camaro SS (veja texto na pg. 60). O mesmo ocorre em contraste com o arsenal do Challenger SRT8, que traz bancos de couro/Alcantara e computador de bordo com cronmetro, sensor de acelerao lateral e longitudinal e medidor de distncia de frenagem, mas tem acabamento espartano, com plstico aparente no painel e nas laterais das portas. A unidade apresentada no Salo est recheada de outros itens, mas so todos acessrios do catlogo Mopar, ausentes no modelo mostrado aqui.

No toa que o Ford o mais caro dos trs. Na Dubai Motors, o Mustang Shelby GT500 custa 330 000 reais, enquanto na Talladega Motors o Challenger SRT8 sai por 220 000 reais. E as duas lojas oferecem o Camaro SS por 225 000 reais na primeira e 199 000 reais (uma verso bsica) na segunda.

Visualmente, cada um tem seu charme. O Challenger parece sado de um coleo de hot cars Matchbox, em escala 1:1. O Mustang dono do visual mais anabolizado, com ressaltos no cap e nos para-lamas. E o Camaro desfila seu design bem cuidado com vincos suaves que detalham at os retrovisores externos.

Para quem est acostumado a dirigir carros de inspirao europeia, comandar um pony-car uma experincia curiosa. Enorme espao interno, suspenso macia apoiada em pneus de perfis altos e direo nem sempre firme costumam chocar quem foi criado em carros com cabine apertada, bancos duros e comportamento dinmico correto. Mas os americanos j no so mais os mesmos. No de hoje que a indstria de l observa os motoristas do resto do mundo. E os carros apresentados aqui so esportivos.

O Camaro, por exemplo, nos surpreendeu pela capacidade de contornar curvas. O Mustang poderia ser dirigido em uma Autobahn sem aborrecer um motorista alemo. A posio de dirigir bastante esportiva. Os bancos apoiam bem o corpo e os pedais esto corretamente posicionados. A alavanca de cmbio est a um palmo do volante. Seus engates so curtos, bem como as relaes de marcha. E a fora do motor transbordante. O entre-eixos curto colabora nas manobras mais rpidas. O Ford no to equilibrado quanto o Camaro nas curvas. O eixo rgido, na traseira, no apoia to bem o carro na pista quanto o sistema multilink do Chevrolet, deixando a traseira mais solta. Tambm perde em rigidez estrutural. Ao passar por desnveis no caminho, nota-se que a carroceria trabalha e sente o movimento da suspenso. O Challenger, por sua vez, fica em um patamar intermedirio, quando se analisa a rigidez da carroceria, e apresenta comportamento diferenciado. Nas arrancadas, ele lembra os antepassados, levantando a frente graas suspenso solta na vertical. Mas na hora de frear e de fazer curvas se comporta equilibrado como um carro europeu. E esse comportamento no por acaso. O ar americano proposital, veio da calibragem de seus sistemas. E o jeito europeu, mais precisamente alemo, do desenvolvimento feito no tempo em que a Chrysler pertencia Daimler. O Challenger foi baseado na plataforma do antigo Mercedes-Benz Classe E, produzido entre os anos de 1996 e 2002. Na suspenso, o Challenger conta com estruturas do tipo duplo A na dianteira e multilink na traseira.

A essa altura voc deve estar pensando: muito bem, mas qual deles o melhor? Ora, caro leitor, pergunta difcil, essa. Mas posso dizer que, na impossibilidade de abrigar os trs, reservaria a vaga da garagem para o Mustang, ainda que com dor no corao pelo Camaro, com seu refinamento tcnico e visual, e pelo Challenger, com todo seu charme e DNA alemo na plataforma.



CHALLENGER

Motor: dianteiro, longitudinal, V8, 16V
Cilindrada: 6 059 cm3
Dimetro x curso: 103 x 90,9 mm
Potncia: 431 cv a 6 200 rpm
Torque: 58 mkgf a 4 800 rpm
Cmbio: automtico, 5 marchas, trao traseira
Dimenses: largura, 192 cm; comprimento, 502 cm; altura, 145 cm; entre-eixos, 294 cm
Suspenso: Dianteira: duplo A Traseira: multilink
Freios: discos ventilados, com ABS
Direo: hidrulica, pinho e cremalheira
Pneus: 245/545 R20



MUSTANG

Motor: dianteiro, longitudinal, V8, 32V, compressor
Cilindrada: 5 409 cm3
Dimetro x curso: 90,2 x 105,8 mm
Potncia: 548 cv a 6 200 rpm
Torque: 70,6 mkgf a 4 500 rpm
Cmbio: manual, 6 marchas, trao traseira
Dimenses: largura, 188 cm; comprimento, 478 cm; altura, 141 cm; entre-eixos, 272 cm
Suspenso: Dianteira: McPherson Traseira: eixo rgido
Freios: discos ventilados, com ABS
Direo: eltrica, pinho e cremalheira
Pneus: 225/45 R20, frente, 285/40 R20, atrs



VEREDICTO

O Challenger tecnicamente mais sofi sticado. Mas o Mustang mais potente e bem equipado.





» FOTOS


Publicidade