Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Corolla
  • Up
  • Logan
  • HB 20
  • Prisma
  • Novo Ka
  • Golf VII
  • Focus
  • Tracker
  • New Fiesta
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Auto-serviço | Cumpre o que promete
Sensor de ré
Maio 2009

Sensor de ré

Ele promete ajudar quem tem carro com estepe ou engate na traseira e evitar danos no carro de terceiros

Por Luís Perez
Lista de matérias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Um dia eu passei pela experiência nada agradável de estacionar um Ford Eco Sport na frente de um Honda Fit. Após uma baliza, certo de que havia espaço de sobra na traseira, continuei a dar marcha à ré. Até que, aos gritos, o dono do Fit protestava que o estepe do EcoSport havia tocado no capô de seu carro. Ao dar ré em automóveis com certas saliências na traseira, caso de um estepe ou um engate de reboque, nem sempre percebemos o risco que nosso carro ou, pior, o dos outros corre.

 O problema é que a maioria dos sensores de estacionamento que se popularizaram nas lojas de acessórios também está programada para pensar no para-choque como limite traseiro do veículo. Por isso a empresa Dalgas desenvolveu a linha de sensores inteligentes Park Master, que no ato da instalação podem ser programados para essa função específica. Em vez de alertar o motorista com um bip contínuo quando o obstáculo está a 30 cm do para-choque traseiro, o sensor leva em conta o limite do pneu ou do engate, por exemplo.

O alerta começa a funcionar quando há um objeto a menos de 2 m. São três zonas de atuação: dinâmica (o equipamento detecta um obstáculo a até 2 m e produz um sinal sonoro intermitente, mas apenas com o veículo em movimento), estática (detecta um obstáculo a até 1,20 m, mesmo com o carro parado) e contínua (acusa o obstáculo a até 30 cm e emite um sinal sonoro contínuo, tanto com o automóvel parado quanto em movimento). Instalado, o equipamento tem preço sugerido de 890 reais. No caso de para-choques pintados, é preciso mandar pintar o sensor da mesma cor. A colocação leva no máximo uma hora e meia.

Após a instalação, que requer quatro furos no parachoque, testamos o equipamento em três situações: em uma parede, em outro automóvel  justamente um Fit) e em um poste estreito (um dos maiores vilões de manobras nas ruas). Em todos os casos, eu pisava no freio ao primeiro som do tosque contínuo. No nosso teste, o estepe parou a 29 cm da parede, a 28 cm do para-choque do Fit e a 26 cm do poste. “Essa diferença ocorre em razão do tempo de reação do motorista”, afirma Charles Menezes, responsável pela área de desenvolvimento da Dalgas. No último caso, o poste de placa de sinalização estava um pouco inclinado, com a parte superior mais próxima do carro, daí a diferença menor. É o tipo de acessório que evita muitas situações chatas, de amassadinhos ou coisa pior.

 


CUMPRE O QUE PROMETE? SIM

 

Instalado num EcoSport, o Park Master detectou a presença de obstáculos levando em conta o estepe, permitindo uma parada segura a cerca de 30 cm de uma parede, um carro ou um poste.

 


ONDE ENCONTRAR

 

(11) 3579-1100

 


PEDE QUE A GENTE TESTA

 

Você gostaria que testássemos algum produto ou equipamento? Então escreva para simone.tobias@abril.com.br






Publicidade