Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Corolla
  • Up
  • Logan
  • HB 20
  • Prisma
  • Novo Ka
  • Golf VII
  • Focus
  • Tracker
  • New Fiesta
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Auto-servio | Autodefesa
Motor do barulho
Outubro 2009

Motor do barulho

Os 1.0 e 1.6 que apresentam rudos estranhos esto sendo trocados pela fbrica

Por Redao | Fotos: Joel Rocha e Leandro Cleto
Lista de matrias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Desde agosto, sites dedicados a entusiastas da Volkswagen e defesa ao consumidor tm servido de palanque para que donos de Gol e Voyage novos relatem problemas no motor de seus carros.

O sintoma reportado sempre o mesmo: em marcha-lenta, produzido um rudo semelhante ao de uma mquina de costura. Nos ltimos meses, uma concessionria da zona norte de So Paulo afirma j ter trocado 14 motores, nmero igual ao de uma concessionria do Mato Grosso. Na regio do ABC paulista, um tcnico diz que, de incio, a orientao da fbrica era para que fossem substitudas apenas as peas defeituosas. Mas depois veio a ordem para trocar o motor. Nesse caso, a oficina j havia trocado cinco unidades e, at o dia em que foi contatada por ns, preparava-se para substituir mais dois, enquanto aguardava autorizao para outras quatro.

Se notamos o rudo caracterstico, drenamos o leo, abrimos o cabeote e retiramos o crter. Depois fotografamos o virabrequim e o eixo comando de vlvulas. Geralmente, essas peas se mostram azuladas ou com sinais de desgaste por falta de lubrificao. O passo seguinte enviar as fotos para a fbrica e solicitar a troca do motor, afirma o tcnico de uma outra autorizada. Trata-se de formalidade, uma vez que o procedimento de troca j foi adotado pela fbrica, aps ter recebido vrias consultas tcnicas (internamente chamadas de Cotec) dos concessionrios.

A Volkswagen diz que no h motivo para alarde, mas admite que h algo de errado com os motores 1.0 e 1.6, estes em maioria, que equipam Fox, Gol, Golf, Polo, Saveiro, SpaceFox e Voyage. O que ainda no se sabe por que esto apresentando esse defeito e quantos carros estariam envolvidos.

Segundo Joo Alvarez Filho, gerente de engenharia, a fbrica reconhece a existncia de uma falha grave no motor EA111, mas afirma que a origem do problema ainda no foi detectada. Encontramos casos de veculos com falta de leo, uso de leo fora das especificaes e at leo contaminado por combustvel de m qualidade, afirma. Para Alvarez, a suspeita levantada por uma nota publicada na edio de 21 de outubro da revista EXAME, da Editora Abril, que tambm publica QUATRO RODAS falta de tratamento trmico em peas estruturais , no procede, uma vez que apenas o virabrequim e engrenagens de bomba de leo recebem esse tipo de proteo.

A julgar pela rarefao de pistas, a VW parece estar mesmo longe de chegar a um laudo conclusivo, ainda mais levando-se em conta a quantidade e a baixa quilometragem dos carros envolvidos. Hipteses levantadas por especialistas apontam na direo dos possveis viles: ineficincia do sistema de bombeamento de leo ou galerias de lubrificao mal dimensionadas. Ou mesmo a soma dos dois fatores.

O Gol 1.0 da dona de casa Taize Haubert, moradora de Araucria (PR), foi um dos premiados com o defeito segundo a VW, um em cada 1 000 carros estaria sujeito a problemas. Ela conta que o motor comeou a apresentar barulho com 13 000 km. Mandei para a reviso, fizeram as trocas necessrias, mas o rudo persistia. O tcnico escutou e diagnosticou que era problema no virabrequim e que o motor precisaria ser trocado. O prazo pedido para a troca foi de 30 dias e ela poderia rodar com o carro nesse perodo.

A VW no considera que o defeito possa motivar um recall. Para Jos Loureiro, gerente de engenharia, o problema no oferece risco para a segurana das pessoas, uma vez que o motor avisaria que no est bem. Ao ouvir o rudo, o motorista deve procurar uma oficina antes que algo mais grave acontea. O motor no para de repente, afirma.

De acordo com Alvarez, no houve alterao nos motores, que continuam a ser fabricados normalmente.Assim, carros novos no estariam imunes ao problema. Mas, conforme a empresa, pelos dados colhidos at agora, essa probabilidade pequena. E lembra que, para esses casos, existe a garantia de fbrica de trs anos para motor e cmbio.




A posio da VW

No dia 27 de outubro, a Volkswagen admitiu os problemas nos motores e revelou que a m lubrificao nos conjuntos mecnicos a causa dos transtornos. Confira abaixo a ntegra do comunicado divulgado pela montadora:

"Com o objetivo de esclarecer os casos de rudos internos em alguns motores 1.0l, a Volkswagen do Brasil informa que, aps as anlises realizadas, identificou como causa a deficincia na lubrificao do motor.

A ocorrncia provocada, em determinadas situaes, pela perda das propriedades de lubrificao do leo, em funo da ao do lcool combustvel no tipo de leo utilizado. A empresa deixa claro que o fabricante do lubrificante fornece o produto de acordo com as especificaes da Volkswagen.

Esse fato foi gerado pela alterao, determinada pela prpria fbrica, da especificao do leo para o primeiro abastecimento, visando melhorias no motor VHT, introduzido em abril de 2008.

Para solucionar essas ocorrncias, a Volkswagen voltar a utilizar a especificao anterior do leo lubrificante, visando garantir a perfeita lubrificao do motor.

Adicionalmente, para assegurar a satisfao dos clientes, a empresa estender o prazo de garantia dos motores VHT 1.0l, produzidos desde abril de 2008, de 3 para 4 anos, como prova da confiana na segurana, qualidade e durabilidade de seus produtos.

A Volkswagen do Brasil trabalha intensamente para assegurar a satisfao de seus clientes e conta com a maior rede de concessionrios do pas, com mais de 600 pontos de atendimento, pronta para prestar o melhor servio aos usurios da marca."





» FOTOS


Publicidade