QUATRO RODAS - Cheiro de problema
Seu comparativo
TOP 10 QR
Os carros mais procurados da semana no site Quatro Rodas
  • Novo Sandero
  • Vezel
  • Novo Fox
  • Duster
  • HB 20
  • Golf
  • Novo Ka
  • Corolla
  • Civic
  • Saveiro cab dupla
  • | A-Z |
Newsletter
Assine a Newsletter QUATRO RODAS
PUBLICIDADE
Auto-serviço | Autodefesa
Cheiro de problema
Maio 2006

Cheiro de problema

Há um estranho odor no ar de alguns Toyota Corolla

Por Luciene Antunes
Lista de matérias por data:

ALTERAR O TAMANHO DA LETRA  

Dono de Corolla em geral só abre a boca para falar bem do seu carro. Por isso poucos sabem que há proprietários igualmente felizes mas com uma reclamação a fazer: o ar-condicionado. Funcionar, ele funciona bem. O problema é outro: o mau cheiro que surge logo depois que o sistema é ligado. Conversamos com 13 donos de Corolla (sempre fabricados após 2003), todos na mesma situação da decoradora Maria das Graças da Silva, de Goiânia (GO). "Vem um cheiro horrível, de mofo, misturado com poeira. Precisa abrir os vidros e esperar passar. Toda vez que liga é assim", diz a dona de um Corolla XLi 2004, com 7000 quilômetros.

Inconformada com a justificativa que ouviu na concessionária de que seria "normal" o ar-condicionado ter aquele odor estranho e que o veículo não teria "garantia para cheiro", a decoradora acabou sabendo que seu caso não era único. Seu filho pesquisou em comunidades da internet até descobrir que esse "mau hálito" do Corolla é uma preocupação comum a alguns proprietários.

Em meio a tanta discussão, o que não falta são soluções improvisadas, disseminadas tanto por proprietários como por concessionárias. Todos com uma receita própria para combater esse mal, que vai do borrifo de perfume ou antibactericida doméstico nas saídas de ar até acionar o ar-quente por alguns minutos antes de desligar o carro, para secar os dutos - uma recomendação que recebemos de algumas concessionários Toyota, quando nos identificávamos como cliente comum.

Como o problema não é solucionado dentro da garantia do veículo, é comum que o proprietário resolva saná-lo em alguma empresa que trabalha apenas com ar-condicionado automotivo. Mecânicos especializados confirmam que o problema é mesmo recorrente. É o caso de Francesco Ciccone, da Molto Freddo Ar-condicionado, que já recebeu tantas queixas que até decidiu comprar uma caixa de ar de Corolla só para estudar melhor o problema. Acabou descobrindo que existe um encaixe para filtro de cabine dentro do sistema. "Vieram umas 15 pessoas, mas eu não sabia a solução. Depois que eu descobri isso, já instalei quatro filtros e o problema sumiu", afirma. Contatados pela QUATRO RODAS, esses quatro clientes relataram que o odor realmente desapareceu, ao contrário do que acontecia em outros consertos, quando faziam apenas a higienização do sistema, o que mantinha o mau cheiro afastado por cerca de dois meses. Em média, o custo para a instalação do filtro de pólen é de 100 reais.

A ausência do filtro de pólen (também chamado filtro de cabine ou de micropartículas) no Corolla é curiosa, pois modelos como Vectra e Civic têm esse equipamento que dificulta a entrada de partículas no sistema de refrigeração de ar - até carros mais baratos, como o Palio, vêm com o filtro. A Toyota desaprova o uso do filtro no Corolla, alegando que o modelo não precisa da peça. Mesmo assim, algumas concessionárias Toyota recomendam e até realizam a instalação do equipamento nos Corolla.


O povo reclama

"Com seis meses de uso apareceu um cheiro estranho. Na concessionária, desconfiavam que estava exagerando, diziam que era assim mesmo." Marcelo de Faria Gazi, São Paulo (SP)

"Tivemos três Corolla e todos deram esse problema. O mais novo teve com uns 4000 quilômetros. Parece cheiro de banheiro público." Luciano Negrão, Avaré (SP)


Resposta

A Toyota diz que o eventual mau cheiro, que "pode ocorrer nos veículos em geral", não é causado por uma característica do Corolla, mas pela deterioração do ar interno devido ao uso prolongado do aparelho na posição "recirculação". A recomendação é usar o sistema na posição "externo" e, caso não surta efeito, realizar uma higienização do sistema. A Toyota não recomenda a instalação do filtro de pólen por não ser um acessório original Toyota.






Publicidade