Os materiais utilizados no interior dos carros podem fazer mal?

Em carros novos, plásticos expostos ao sol podem liberar vapores tóxicos

Quanto mais plástico barato, mais veneno no ar

Quanto mais plástico barato, mais veneno no ar (Marco de Bari/Quatro Rodas)

É verdade que o interior de um carro na sombra com as janelas fechadas pode liberar até 800 mg de benzeno, podendo chegar a 4.000 mg num dia de sol forte? Quais o risco para os ocupantes? – David Antônio Costa Barros, Goiânia (GO).

É verdade. Segundo o médico Dirceu Rodrigues Alves Júnior, da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), isso ocorre principalmente nos carros zero-quilômetro, com o famoso “cheirinho de carro novo”.

Este odor característico é fruto de diversos solventes, adesivos, plásticos, tecidos e borrachas utilizadas no processo de fabricação do carro. O problema é que tudo isso libera em forma de vapores tóxicos não só o benzeno, mas também substâncias como tolueno, acetona ou estireno.

Segundo a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, a exposição contínua a algumas destas substâncias pode acarretar em dor de garganta, tontura, reações alérgicas e náuseas, disfunção hormonal, problemas na reprodução, danos ao fígado, rins e sistema nervoso central e, em casos extremos, até câncer.

Mas essa emissão tende a diminuir conforme o veículo vai ficando velho. Sobre a quantidade, tudo depende dos materiais usados pelo fabricante, mas em geral nos carros populares (com plásticos mais baratos) a liberação de vapores nocivos é maior.

Por isso, a dica é evitar estacionar o veículo no sol, usar protetor de para-brisa (para cobrir os plásticos do painel), não usar a ventilação forçada com os vidros fechados, não deixar a recirculação de ar acionada o tempo inteiro e sempre abrir as portas por alguns minutos antes de entrar, para que os vaporem saiam.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s